Novas promos 2016 Novembro

Reverb Blog

BEZZITACIL #13 COM PSICOTROPICAIS

Por Bezzi | 1 comments

BEZZITACIL #13 COM PSICOTROPICAIS

Com fortes raízes fincadas na sonoridade pós punk e climas psicodélicos sombrios, o Psicotropicais iniciam seu plano para conquistar a cena musical independente da metrópole cinza. Encabeçado pelo figura Angelo Malka, a banda foi tomando forma e já debutou nos palcos alternativos com elogios rasgados de outros músicos e produtores. 

Como aconteceu de formar a banda? Vocês já tinham outros projetos?

O lance todo ocorreu porque eu tinha uma série de músicas compostas nos últimos 3 anos, que não poderia nunca usar com o We Say Go (meu duo eletrônico), mas que funcionariam com banda.  No último ano fui procurando pessoas para tocarem com paciência, passei por vários ensaios e tentativas de formação até chegar nessa atual e começarmos a ensaiar e até gravar. 

O nome Psicotropicais remete muito as bandas de pós punk e new wave dos anos 80. Era essa a intenção?

Essa é uma grande influência para a banda, acho que veio de forma natural essa ligação, lembro que somente pensei em algo que misturasse a idéia de uma música não tão feliz com uma psicodelia dançante. Se não me engano, quem me ajudou inclusive com o nome foi a Dani Buarque, que hoje toca guitarra, mas em uma época distante quando estava fazendo uns testes e formando a banda ainda só cantava praticamente.

Quais artistas mais influenciaram vocês?

Cara, basicamente tem algumas influências que gritam mais, já que que usamos mais músicas minhas, no futuro isso mudará porque eles já trazem músicas e idéias deles para a banda. Diria que hoje temos uma mistura de: Joy Division, LCD Soundsystem, Nine Inch Nails, M83 e por aí vai.

O que vale a pena ser ouvido na nova safra de bandas paulistas?

Tem duas bandas bem bacanas da nossa cidade que acho que valem a pena serem vistas: o Winteryard e o Inky Ghost. Pena que não tenho nenhuma que cante em português pra sugerir, o nosso próprio idioma está meio escasso no rock.

Suas letras narram um desespero com o mundo moderno. Vocês realmente queriam fugir disso tudo?

Bezzi, o mundo moderno é um caos, geralmente não sabemos onde estamos e muito menos para onde vamos, enquanto isso, as pessoas cantam sobre flores, som do mar, leveza, aí eu pergunto pra você: quem é que está fugindo? Acho que na verdade nós estamos encarando uma questão que infelizmente foi deixada de lado na música brasileira.

Eu adoro Los Hermanos, mas já deu no saco todo mundo querer copiar o Marcelo Camelo não é mesmo? Quem nunca quis fugir de São Paulo? A relação que tenho com a cidade é igual a maioria dos que moram aqui, é de amor e ódio, as vezes quero largar tudo e fugir pra praia pra compor essas canções de amor e passarinho, mas por enquanto não é o momento.

Planos para quando o ano realmente começar após o carnaval?

Já temos um EP,  pelo meio digital, por enquanto o lançamento foi feito somente para o público do nosso show com link exclusivo pra eles, vamos fazer uma versão física também. 

Agora esperamos que as pessoas comecem a conhecer nosso trabalho, e com isso também consigamos entrar no circuito de festivais, principalmente do centro-oeste que vejo como o epicentro da música independente brasileira.

Por Bezzi | 1 comments

Olá! Você precisa estar logado para comentar. Clique aqui e faça um cadastro super rápido!

bem daora

Você precisa estar logado para comentar.